Moro quer usar gabinete do ódio para queimar STF e barrar Lula

Moro e Lula em tela dividida
Moro irá usar o STF para barrar Lula – Foto: Reprodução

Moro está disposto a qualquer coisa para desbancar Bolsonaro e se colocar como segundo colocado nas eleições 2022. O ex-juiz sabe, no entanto, que não adianta ser vice no cenário em que Lula vence já no primeiro turno. Por isso mesmo é que ele e sua equipe já estão articulando um jeito de evitar que o petista tenha 50% dos votos. E vai usar o STF para isso.

Pessoas próximas ao ex-ministro de Bolsonaro garantem que a preocupação dele não é o atual presidente. Como o DCM trouxe com exclusividade, Moro está obcecado com Lula e quer tudo que o adversário conquistar. Por isso, sua estratégia é evitar uma vitória já no primeiro turno. “A intenção dele é vender o peixe de que o STF está aparelhado”, garante uma pessoa ligada ao Podemos.

Moro sabe que será questionado a campanha toda pelo fato de que foi considerado parcial na sentença contra Lula. E o ex-juiz também sabe que isso pode ser uma pá de cal a seus planos políticos. É por isso que ele precisa achar uma saída alternativa para isso e vai jogar o Supremo contra os leões. Há quem diga que o grupo já está até montando uma espécie de gabinete do ódio para tratar do tema.

Leia também

1 – Para agradar Bolsonaro, Valdemar Costa Neto demite assessor que o acompanhava há 28 anos

2 – Lula relembra jogo de futebol com Sócrates: “Dez anos da partida de um gigante!”

3 – Rompido com Bolsonaro, ex-ministro chama presidente de “grande traidor deste país”

Moro vai usar STF

O pré-candidato sabe que não tem a simpatia do STF e que isso não irá mudar. Por isso mesmo ele não se importará em tentar vender a narrativa do aparelhamento do Supremo. Moro irá deixar espalhar que o julgamento contra Lula foi justo, mas que o petista teria usado a máquina para se safar. Nessa versão mentirosa, os nomeados pelo ex-presidente formaram maioria para inocentá-lo.

Embora isso seja fácil de combater, a cúpula do Podemos acredita que pode pegar. “Todo mundo quer uma desculpa para culpar o Lula de tudo”, lembra um deputado. A esperança reside aí e a expectativa é de tentar derrubar pelo menos 5% de Lula. Moro já disse a aliados. “Para vencer Lula, vale tudo”.