MPF pede absolvição de Lula na ação referente aos incentivos à indústria automobilística

Lula. Foto: Ricardo Stuckert/Instagram

Em nova demonstração de que o ex-presidente Lula foi alvo de perseguição política em várias frentes judiciais simultaneamente (uma das táticas do lawfare) , o Ministério Público do Distrito Federal pediu hoje a absolvição de Lula e dos demais réus na ação apresentada pelo mesmo MPDF, quatro anos atrás, referente à edição da Medida Provisória 471 (de incentivos à indústria automobilística no Norte, Nordeste e Centro-Oeste).

A ação corre na 10a. Vara Federal em Brasília e, ao longo do processo, os advogados de Lula demonstraram ser totalmente descabida e sem sentido a denúncia, já que a medida provisória foi aprovada por unanimidade no Congresso Nacional para renovar incentivos criados no governo anterior ao de Lula. Tampouco havia qualquer evidência de benefícios indevidos nem para Lula nem para pessoas ligadas a ele.

Trata-se da ação penal fruto da Operação Zelotes, empreendida pela Polícia Federal em 2017. Além de Lula, seu chefe de gabinete  Gilberto Carvalho também teve sua absolvição solicitada.