Museóloga sobre incêndio no Rio: “a gente sempre soube, tragédia mais do que anunciada”

Incêndio no Museu Nacional. Foto: Marcelo Sayão/EFE

Uma museóloga fez uma série de posts no Twitter sobre o acervo que foi perdido no incêndio que ocorreu na noite deste domingo (2). E escreveu o seguinte na rede social:

Sou museóloga do Museu Nacional e te digo: tinham cartas de diretor do Museu reclamando de descaso e falta de verbas desde o século XIX. São 200 anos de abandono. A gente sempre soube, nossa tragédia é mais do que anunciada.

200 anos de abandono. Mas a gente sonhava que ia ser diferente. Trabalhamos todo dia pra isso. Sonhando com o dia que o Museu ia ser tão grande que ia sair na mídia internacional. Grande ele já era. Mas só agora, com a tragédia, todos lembraram da nossa existência.

Só sobrou a carcaça. E o Bendegó [meteorito achado na Bahia].

Confira os posts dela abaixo.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!