Na Globo News, Onyx revela que Moro tenta “chegar no Lula” desde 2005

Onyx no programa de Roberto D’Ávila na Globo News

Uma revelação foi pescada por Jeferson Miola em seu blog. Aconteceu na entrevista de Onyx Lorenzoni a Roberto D’Ávila, da Globo News.

Deixando transparecer orgulho da amizade antiga com Moro, Onyx acabou fazendo uma confidência:

A minha relação com Sergio Moro vem de dezembro de 2005. Eu era sub-relator das Normas de Combate à Corrupção da CPI dos Correios, e convidei o Moro […] naquela época porque a 13ª Vara de Curitiba era – e continua sendo – a única que cuida de lavagem de dinheiro no Brasil.

Aí ele [Moro] trouxe uma série de contribuições e duas muito relevantes, que o pessoal de casa vai entender agora: a primeira que ele pediu, em 2005, a atualização da Lei de delação premiada, que a Dilma que assinou (…). Levou 7 anos pra fazer. A outra [contribuição], a transformação do crime de lavagem de dinheiro de crime acessório em crime principal.

Os dois fatores – a lavagem de dinheiro como crime principal, e a revisão da lei de delação premiada – foram a diferença entre o ‘mensalão’ não ter chego no Lula, e o ‘petrolão’ ter chego no Lula”.

Recentemente, Moro declarou que Onyx — que admitiu caixa 2 — tem sua “confiança pessoal”.

Veja abaixo a partir do minuto 6:50.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!