Não, Cristiano Ronaldo não derrubou bilhões do valor da Coca-Cola

Publicado originalmente no Sportico:

A força da celebridade está em plena exibição na Euro 2020, o torneio de futebol europeu que finalmente começou em 11 de junho, após ter sido adiado um ano por causa da pandemia.

Cristiano Ronaldo, a lenda portuguesa,artilheiro em três das maiores ligas mundiais e o maior goleador da história da Euro após os dois gols na vitória de Portugal sobre a Hungria na terça-feira (15). Patrociná-lo vale US $ 100 milhões só este ano ,de acordo com sites especializados.

A julgar pela imprensa esportiva desta semana, Ronaldo é ainda mais poderoso do que isso. Simplesmente movendo duas garrafas de Coca de uma mesa em uma entrevista coletiva anterior ao jogo, na segunda-feira, e dizendo aos participantes ‘Água!’ Ronaldo tirou bilhões do valor de mercado da Coca.

Mas não é verdade.

As ações da Cola-Cola são negociadas em Nova York, onde a bolsa abre às 9h30, horário local. A coletiva de imprensa de Ronaldo começou às 15h45, horário da Europa Central, que é 9h45 em Nova York.

Se a coletiva de Ronaldo começou naquele horário (e a UEFA confirmou que sim), o refirgerante que enriqueceu Ty Cobb, astro do baseball americano, a queda deveria estar aparente nos gráficos desde aquele momento, o que não se verifica:


O problema para a história do todo-poderoso Ronaldo é que a Coca já havia caído 0,9% no pregão entre 9h30 e 9h44, de acordo com os gráficos. A gigante do ramo de bebidas havia fechado as negociações de sexta-feira a $ 55,74 e abriu em baixa na segunda-feira. Às 9h44, as ações da Coca haviam caído para US $ 54,25, uma perda de US $ 2,1 bilhões em seu valor de mercado.  Tudo isso antes mesmo de Ronaldo perceber a bebida açucarada.

Com base nos gráficos, a Coca negociou em alta após o início do evento para a imprensa (talvez porque Ronaldo tocou nas garrafas ?!), caindo para $ 55,21 cinco minutos depois e não atingindo sua mínima no dia de $ 55,20 até 10:20 EDT.

Então, por que todo mundo acha que Ronaldo mudou os mercados? Bem, é uma história que chama a atenção, e há poucas dúvidas de que os produtos de consumo se beneficiam de um apoio de grandes nomes

Ou talvez seja porque as cotações das ações são normalmente transmitidas com um atraso de 20 minutos para os principais sites de notícias porque as bolsas cobram pela entrega de preços imediatos e a maioria dos sites opta por não pagar. Isso significa que qualquer um que olhe para o preço da ação da Coca após a mudança de Ronaldo pensaria que é uma queda imediata no preço da ação da empresa quando na verdade aconteceu muito antes.

Além disso, se Ronaldo realmente tem tanta influência, por que ele diminuiu o valor pedido em seu condomínio em Manhattan?

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!