“Não quero virar um obituário”: Regina Duarte justifica o silêncio de sua secretaria sobre a morte de artistas

Regina Duarte na CNN

Regina Duarte falou na CNN sobre seu silêncio vergonhoso sobre as mortes recentes de grandes nomes da cultura como Rubem Fonseca, Garcia-Roza, Moraes Moreira, Flávio Migliaccio, Aldir Blanc.

Regina conseguiu desfiar um blablablá idiota e se justificou dizendo que não conhecia as pessoas.

Um dos mortos, Migliaccio, foi seu colega de trabalho na Globo.

“Estou chegando há 60 dias”, disse.

“Eu peço desculpas, mas imaginei assim: será que eu vou ter que virar um obituário?”

Essa mentecapta ignora o papel de sua secretaria no sentido de reconhecer e lamentar essas perdas.

Não são perdas para Regina, uma delinquente moral, mas para o Brasil.

“Uma minoria não gosta de mim”, afirma a sem noção, humilhada diariamente pelo chefe Jair Bolsonaro.

Vergonha, vergonha, vergonha.

 

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!