“Não teve só talento, teve caráter”, diz Tom Zé sobre o ex-aluno de violão Moraes Moreira

Moraes Moreira, Tom Zé e sua banda. Foto: Reprodução

Pelo Facebook, Tom Zé publicou um texto em homenagem ao seu ex-aluno Moraes Moreira:

Moraes, você foi meu aluno, e que aluno-prodígio! há mais de meio século. Aprendeu logo tudo que eu podia ensinar de violão, em pouco tempo tocava melhor que eu. Quando você chegou, como eu cobrava caro, avisei que talvez você não pudesse pagar. Mas você disse que era compositor. Pedi pra tocar alguma criação sua. Você tocou. Vi que ali tinha um compositor. E que fome de aprender, menino!

A vida toda me admirei, Moraes: você não teve só talento, teve caráter. Duas coisas que nem sempre andam juntas. Parabéns, meu caro que hoje mudou de planeta. Nunca mais uma foto como esta, quando nos encontramos no aeroporto. Estávamos, da esquerda pra direita: Rogério Bastos, Jarbas Mariz, Cristina Carneiro, você, eu, Daniel Maia e Felipe Alves. E você, meu bom e bravo gigante, mais alto que todos nós, cabeça e ombros lá em cima. Olha, Moraes, só Deus sabe por que foi hora de você ir agora. Que falta já sinto, já sentimos, meu menino prodígio!

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!