Negacionistas tomam as ruas de Londres em protesto contra lockdown

“Não há necessidade de câmara de gás quando há vacinas que farão o mesmo trabalho lenta e silenciosamente”, diz cartaz

Neste sábado (24), ingleses negacionistas estão nas ruas de Londres protestando contra medidas restritivas da pandemia.

O evento, que reúne milhares de idiotas sem máscaras, quer o fim do lockdown, do uso de proteção facial e da vacina contra a covid-19.

Os organizadores da aglomeração estão chamando a manifestação de “Unidos pela Liberdade”.

A imprensa local relata que há cerca de 10 mil negacionistas no protesto, mas a polícia não confirmou o número.

Sem máscara, eles espalham conspirações com cartazes e adesivos

Eles chegaram a adesivar um ônibus com conspirações e carregam cartazes com comparações estúpidas:

“Não há necessidade de câmara de gás quando há vacinas que farão o mesmo trabalho lenta e silenciosamente”, diz um deles.

Nas últimas semanas, a Inglaterra tem relaxado as medidas restritivas, apesar de ainda impor regras como distanciamento social e uso de máscaras.

Estima-se que há 10 mil conspiracionistas no protesto

Na última semana, foi permitido até uma partida de futebol com público de 4 mil pessoas – de apenas 5% da capacidade total do estádio.

O país passou mais de três meses em lockdown, com uma campanha eficiente de vacinação.

Agora que a contaminação e os óbitos começaram a diminuir, os negacionistas parecem fazer questão de que as taxas voltem a subir.

Veja vídeo da manifestação:

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!