No debate, Mamãe Falei inventou que foi “sucateiro”. Na verdade, seu pai é dono de empresa de sucata de aço

Mamãe Falei pistola no debate da Band

O melhor momento do debate na Band entre os candidatos a prefeito de SP foi a cacetada merecida de Orlando Silva no Mamãe Falei.

Num daqueles arroubos demagógicos típicos do MBL, Arthur Moledo do Val atacou a classe política com um “desabafo” picareta.

“Nós somos a locomotiva do Brasil porque tem um monte de gente que trabalha de verdade e está de saco cheio de discursinho de político, principalmente do prefeito Bruno Covas [PSDB], que travou todas as discussões”, disse.

Em sua réplica, o deputado federal do PCdoB desmascarou o sujeito.

“Você, que assistiu ao discurso do candidato antes de mim, percebe que ele tem cara de trabalhador, que acorda cedo, cartão de ponto e se dedica ao desenvolvimento da cidade. Coisa nenhuma”, falou.

“Aqui, neste debate, tem um monte de geração de herdeiros, que abre a boca para falar sobre a geração de empregos. Só que nunca bateu um prego numa barra de sabão”.

Na primeira chance, o meninão se declarou “sucateiro da Zona Leste”.

Cascata.

Mamãe Falei era youtuber e é, sim, herdeiro.

O pai dele, Manoel, é dono de uma empresa de sucata de aço, aberta na época em que Arthur nasceu e onde ele trabalhou antes de virar subcelebridade de internet.

A companhia se chama Imperial Produtos Siderúrgicos. 

Orlando pode não se eleger, mas já ganhou um lugar de honra na história desse tipo de programa com a jantada no pilantra.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!