O capitalista que virou ativista por causa da desigualdade americana

O milionário Nick Hanauer, de Seattle, abraçou a causa da justiça social.

Hanauer

Nick Hanauer, americano de Seattle, é um capitalista. Ele coloca dinheiro em empreendimentos nos quais acredita, e tem se dado bem. Venture capitalist, como se diz em inglês. Hanauer foi o primeiro investidor, fora da família Bezos, a comprar ações da Amazon. Ele não tem problemas em se definir como um “super-rico”.

Hanauer poderia estar quieto em seu canto, desfrutando de sua fortuna. Mas não está. A desigualdade que se alastrou pelos Estados Unidos nos últimos trinta anos, e da qual ele foi beneficiário, acabou por incomodá-lo a ponto de torná-lo um ativista social.

A essência de seu pensamento pode ser vista neste depoimento de cinco minutos que ele concedeu ao TED, uma organização que promove discussões com a finalidade de tornar o mundo melhor.  A fala está no pé deste texto. Vale a pena ouvir Hanauer. Há legendas em várias línguas no vídeo.

Hanauer tem um argumento que é fortíssimo. Se fosse verdade que baixando os impostos dos ricos toda a sociedade se beneficiaria com a criação de novos postos de trabalho, os Estados Unidos estariam “afogados em empregos”. E não, como acontece, em meio a uma dramática crise econômica em que o desemprego é alarmante.

Uma tese de Hanauer merece debate entre economistas. Segundo ele, quem cria emprego, na verdade, é a “classe média consumidora”, ao comprar produtos  – e não empreendedores, que pouco mais fariam além, na visão de Hanauer, além de identificar os anseios do público.

O bastidor do vídeo o torna ainda mais excitante. O TED demorou a colocá-lo no ar. Isso gerou na internet protestos que só cessaram quando Hanauer foi, enfim, publicado.

É um cara que vale a pena conhecer, como você pode ver no vídeo abaixo.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!