O Brasil virou Ninguém. Por Gilberto Maringoni

Bolsonaro e Trump

Publicado originalmente no perfil de Facebook do autor

O BRASIL VIROU NINGUÉM

O Brasil perde relevância. Paul Krugman termina sua coluna sobre o ataque dos EUA – publicado ontem na FSP e em vários jornais – da seguinte maneira:

“As autoridades de Trump parecem surpresas com as consequências uniformemente negativas do assassinato de Suleimani: o regime iraniano está fortalecido, o Iraque tornou-se hostil, e ninguém se manifestou em nosso apoio”.

Ninguém, não.

O Brasil apoiou.

Mas isso e ninguém nos tempos de Bolsonaro e Araujo é a mesma coisa.

(O toque é de Giorgio Romano)

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!