O emocionante relato do garoto que montou um site para custear o tratamento de câncer do pai

Walter White é o pai do ano para seu filho Junior.

walter white
Pai e filho

 

Walter White Junior é um rapaz de Albuquerque, no estado americano do Novo México. Seu pai, professor de química, foi diagnosticado com câncer no pulmão. Junior, que sofre de paralisia cerebral, não aceitou a derrota e tomou uma decisão. Montou um site para pedir doações para o tratamento caríssimo que a família não pode bancar. A decisão não deixou o velho feliz, mas Junior fez o que tinha de fazer. Um homem precisa cuidar de sua família.

Você pode acompanhar a história através de ‘Breaking Bad’, a melhor série dos últimos 20 anos, cuja sexta temporada está começando. Abaixo, o comovente relato de Walt Junior. Feliz Dia dos Pais.

 

Meu pai é incrível. É engraçado, mas eu não sabia disso até eu descobrir que ele ia morrer. Que ia acontecer em breve. Que era real. Então pensei em um monte de coisas. Coisas que eu não tinha pensado por um longo tempo. Quer dizer, nossos pais estão sempre presentes. Você espera que eles estejam sempre o incomodando para limpar seu quarto ou estudar mais ou ter boas maneiras ou experimentar coisas novas para crescer e se tornar uma pessoa melhor. E fazer você se levantar cedo no fim de semana para ter “tempo para a família” e todas as outras coisas que costumavam me deixar louco.

Eu não me sinto assim agora. Tudo é diferente depois do diagnóstico do papai. Desde que eu percebi que um dia, no futuro próximo, ele pode não estar mais por perto, isso tem me deixado louco.

Agora eu me sinto com sorte quando ele me pergunta sobre o meu dia (eu costumava odiar essa pergunta). Um dia, ele não vai estar aqui para perguntar. Agora eu me sinto sortudo quando ouço seu carro entrando na garagem depois da escola. Eu até gostaria de ouvi-lo tossir. Isso significa que ele ainda está por perto. Ainda é meu pai.

Meu pai é o professor de química na minha escola e ele é irritantemente inteligente. Quero dizer, super genial e irritante. Ele sabe que, na temperatura ambiente, o mercúrio é o único metal que toma a forma líquida.

Ele gosta de cozinhar por causa da química – faz principalmente café da manhã – porque diz que reações químicas acontecem o tempo todo na cozinha. Eu não frequento suas aulas na escola, mas ouvi dizer que é um bom professor. Ele pratica muito em casa, isso é certo.

Todas as vezes em que fui à escola (eu sou um estudante do segundo ano), sempre tive que ouvir o que outras crianças pensavam dele. Eu sempre fui o filho do Sr. White.

Algumas crianças o humilhavam só para me provocar. Mas ele espera que todos façam o melhor que puderem.

Isso é o que faz com que ele seja bravo em sua batalha contra o câncer e que me fez valente, também, quando eu era mais jovem. Mesmo que eu não quisesse.

Eu percebo duas coisas agora.

Primeiro, eu já sou diferente porque eu tenho paralisia cerebral. E, dois, ele é o pai certo para mim. Eu não posso fazer um monte de coisas por causa de minha deficiência e isso não tem problema para o meu pai — como teria para um monte de pais que conheci.

Meu ponto é: eu não me importo com o que os garotos na escola vão dizer. Depois de nossa família, o que ele mais ama é a química e dar aulas. Eu realmente quero ter certeza de que ele consegue continuar fazendo o que gosta durante um longo tempo.

Foi muito difícil para nossa família saber que meu pai tem câncer. Minha mãe estava grávida, esperando o que ela chama de bebê-surpresa, e meu pai tinha um trabalho extra para ajudar a pagar as contas regularmente. E isso foi antes de ele obter o diagnóstico. Nós não temos um monte de dinheiro. Meu pai é muito orgulhoso – realmente orgulhoso – e não quer caridade. É por isso que estou fazendo isso. Não porque eu quero chateá-lo, mas porque eu quero que ele tenha uma chance de lutar.

Uma coisa que eu não entendo é por que salvar a vida de alguém custa mais do que uma pessoa pode pagar. Eu acho que isso é errado. Quero dizer, uma das grandes razões pelas quais meu pai não queria começar o tratamento era porque não queria nos deixar com uma enorme dívida.

Ele nos ama acima de qualquer coisa. Mais do que a si mesmo.

Essa cirurgia é a única chance que existe para salvar sua vida. E nós não podemos pagar. E cada dia que passa é menos um dia com ele. E eu não quero falar sobre meu pai para minha irmã. Eu quero que ela mesma o conheça.

walt family

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!