O fascismo chega aos estádios de futebol. Por Moisés Mendes

Torcida do Corinthians (Assessoria da CBF)

Publicado originalmente no blog do autor

POR MOISÉS MENDES

O fascismo se alastrou nos estádios. No Brasil, a polícia de Doria Júnior prende e espanca torcedores antibolsonaristas em São Paulo.
Em Buenos Aires, a polícia de Macri impede que os torcedores entrem nos estádios com faixas, bandeiras e tambores com imagens de Eva Perón.

É uma tradição dos torcedores de vários times. Perseguem a memória da mulher mais poderosa da história argentina porque temem o avanço do peronismo e das esquerdas.

O macrismo e o bolsonarismo radicalizam posições, para fazer o que acham que funciona lá e cá.

Quanto mais afirmarem suas atitudes fascistas, mais fidelizam o eleitorado idiotizado.

A eleição de outubro pode derrubar a tese de Macri.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!