O imponderável vai presidir o Senado. Por Helena Chagas

Davi Alcolumbre (Foto: Agência Senado)

Publicado originalmente no site Os Divergentes

POR HELENA CHAGAS

Não tem precedentes a confusão que tomou conta do Senado neste momento. Já no meio da primeira votação, aliados de Renan Calheiros viram que, pressionados a mostrar o voto, alguns de seus eleitores estavam mudando para Alcolumbre.

A declaração de Flávio Bolsonaro foi a gota d’água para a renúncia e a confirmação de que poderia ser derrotado. Qual a intenção de Renan? Não será apenas evitar uma derrota explícita. Pode ser negociar seu apoio a alguém num possível segundo turno. No caso, poderia ser Esperidião Amin.

Mas pode não haver segundo turno algum, e nesse caso o novo presidente do Senado será o imponderável, que neste momento atende pelo nome de Davi Alcolumbre.

E a dúvida que fica é se ele terá condições de organizar e controlar o Senado para aprovar as reformas que o governo Bolsonaro precisa. Com Renan Calheiros e boa parte da Casa na oposição.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!