O incrível sucesso na internet dos youtubers

 

Todo dia, eu assisto muitos youtubers. O principal deles é VenomExtreme, apelido de Eduardo Farias.

Eduardo é um dos melhores youtubers do Brasil. Ele nasceu em São Paulo, se mudou para Portugal e voltou para a sua cidade natal em 2013. Já fazia seus vídeos no YouTube desde 2011. Em seu quarto vídeo, começou a gravar com seu melhor amigo, que vocês vão descobrir o nome dele quando lerem o resto… Venom tem 27 anos e mais de 2 milhões de inscritos em seu canal. Seus 4 gatos, Cascão, Faísca, Lua e Zelda, participam de suas histórias.

Comecei a assisti-lo no mesmo ano em que criou o canal e agora ele tem cerca de 680 vídeos. A grande maioria fala do jogo Minecraft, o game de cubos mais famoso do mundo. Ele tem uma turma que nem ele, com um senso de humor “gigantescamente gigante!”, como diz: TheCraftanos, TerrorGamesBionic, BRKSedu, Viniccius13, FollowTheGamer, TazerCraft, ZangadoGames, CoisaDeNerd, MrNikkiHD, e, finalmente, seus primeiros 2 colegas de equipe, amigos desde a faculdade… Fer0m0nas e RandonsPlays.

Venom também tem bordões: “tranquilo como um esquilo”, “suave na nave”, “começando do começo que é uma boa forma de começar”, “oi ei, oioi, ei?”, “boa pingú!”, “sô um jumento mermo!”, “boa noite, flores da noite”, “bom dia flores do dia!”, “Dormiram bem? Eu dormi!”, e o famoso “de boa na lagoa”.

Também vou falar do Fenom (apelido do Fer0m0nas), um português chamado Miguel Campos que posta dois vídeos por dia com seu melhor ditado, “Boa, Pingú!”. Ele começou o canal dele em 2011 e em seu quarto vídeo já havia começado a jogar com Venom em um mapa de Minecraft que criou. Chama-se BTcraft, mapa em que qualquer um pode construir prédios, casas, esculturas, qualquer coisa, menos explodir o mundo inteirinho, é claro!

Já o Vinnicius13 é o melhor youtuber com a poderosa redstone, o fio elétrico do mundo de Minecraft que serve para criar qualquer coisa. Aprendi a fazer minhas criações baseadas nas dele. Se não fosse pelo Vini, não ia saber o que fazer em Minecraft.

Sem o Eduardo e toda sua gigantesca turma, não tinha nada o que fazer no iPad e sei que todos eles nunca se separarão por causa da gigantescamente gigante amizade que eles tem, uma amizade imortal.

Venom, aka Eduardo
Venom, aka Eduardo

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!