O jurista, Lula e a causa dos mais pobres: “no teatro da vida, ex-presidente será aplaudido de pé”

Lula e Afrânio Silva Jardim

O jurista Afrânio Silva Jardim visita nesta quinta-feira o ex-presidente Lula, na condição de membro do coletivo Transforma MP. A entidade se define como uma associação formada por membros do Ministério Público dos Estados e da União que tem por objetivo lançar um olhar crítico sobre a atuação de promotores e procuradores após quase 30 anos da Constituição de 1988, pautando-se nos primados da democracia e da cidadania.

É a anti-Lava Jato, embora não mencionem a força-tarefa criada em Curitiba que se tornou sinônimo de um tipo peculiar de sistema judicial que persegue adversários e passa por cima de direitos e garantias individuais para atingir determinados objetivos. Foi decisiva na eleição de Jair Bolsonaro, depois de criar um ambiente de criminalização da política e enfraquecimento das empresas brasileiras.

Afrânio parece estar muito empenhado na consolidação do coletivo. Tanto que, na assinatura dos textos que publica em seu facebook, ele agora assina como membro do Transforma MP.

Nessa condição, ele estará hoje visitando Lula, “o maior líder popular de toda a história do Brasil”, como ele escreveu.

“Amanhã, emocionado, terei o privilégio de abraçar o ex-presidente Lula, amigo do povo humilde de todo o mundo”, disse Afrânio, que prossegue:

“Direi a ele:

‘LULA, todos os dias ‘morremos’ um pouco. Entretanto, as ilusões do ‘teatro da vida’ nos ressuscitam imediatamente.

Estou certo de que, no final de toda ‘peça teatral’, ao se fecharem as cortinas, o senhor terá uma plateia o aplaudindo de pé.

Na verdade, o povo humilde de todo o nosso planeta já o está aplaudindo de pé, antes mesmo do inevitável final deste drama que é a nossa vida.

Obrigado a você, Lula, que me emocionava na juventude, quando comandava as greves no ABC, e que continua me emocionando na velhice.

Costumo dizer que a vida se faz de emoções e você me fez viver mais intensamente. Obrigado, muito obrigado”.

 

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!