O mau exemplo de Covas e Doria: prefeitos do ABC discutirão o fim de ônibus de graça para idosos

Paulo Serra, posando como motorista de ônibus em Santo André

Na próxima terça-feira (12/01) acontecerá a primeira reunião do Consórcio Intermunicipal do Grande ABC. Nesta primeira reunião, prefeitos discutirão entre outros temas, o fim da gratuidade para idosos na faixa entre os 60 e 64 anos no transporte público municipal. O fim da gratuidade entrou em pauta, após os tucanos Bruno Covas e João Dória, prefeito da capital e governador do estado, adotarem tal medida.

Assunto tratado com cautela por parte dos prefeitos da região do ABC. A preocupação de parte dos mandatários municipais tucanos e seus satélites na região, tem sido a queda de receita nas empresas de transporte, um reflexo da pandemia de Covid-19.

Dois vereadores que integram a oposição a Paulo Serra (PSDB), prefeito eleito de Santo André e atual presidente do Consórcio Intermunicipal do Grande ABC, já se mobilizaram contra a iniciativa.

‘‘Somos contra qualquer tipo de retirada de direitos, ainda mais num momento crítico como este que nosso País e a sociedade brasileira passam com grave crise sanitária do Covid-19, fim do auxílio emergencial e uma das maiores taxas de desemprego da nossa história’’, disse o petista Wagner Lima, de Santo André.

Ricardo Alvarez, do PSOL de Santo André, por sua vez, afirmou: “A retirada da gratuidade aumentará a crise social no grande ABC em plena pandemia. Os prefeitos devem levar em conta está conjuntura e manter a gratuidade. Este é o nosso apelo”.

Procurado por nossa equipe, Paulo Serra, prefeito de Santo André e atual presidente do Consórcio ABC respondeu com a seguinte nota:

‘‘A pauta será deliberada pelos prefeitos das sete cidades da região no Consórcio Intermunicipal do Grande ABC, em reunião marcada para a próxima terça-feira (12)’’

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!