O novo Rock do velho Hanson

O novo album do Hanson é rock como muito roqueiro gostaria de fazer.

hanson2

O Hanson em questão é aquele Hanson que você está pensando. Os três irmãos que nós adorávamos odiar.

Pois eu estava pesquisando os últimos lançamentos na música. Entre um monte de coisa pretensiosa e chata, estava lá Anthem. Eu ouvi já sabendo que deveria ter melhorado desde Mmmbop – já da última vez que ouvira o trio, há uns 2 anos, havia se tornado um som bom, de gente grande.

Essa expectativa se confirmou. Anthem é muito rock, com um pingo aqui ou ali de um emo-pop que poderia ter sido evitado. Mas nada que comprometa as boas músicas.

Em algum lugar entre o Michael Jackson jovem e os Rolling Stones velhos, esses meninos encontraram uma sonoridade pesada (em termos de mixagem) que caiu muito bem nas boas composições do trio. Não é de se espantar que soe algo como Rolling Stones – o engenheiro de mixagem é Tom Lord-Alge, o mesmo de dezenas de singles dos velhos roqueiros.

São várias boas faixas, das quais eu destacaria: Fired Up, a faixa de abertura, uma paulada; You Can’t Stop Us, um rock com um quê de funk; Scream And Be Free, uma cançãozinha bobinha, mas com um belo arranjo e uma harmonia bem bacana.

Não é um disco que vá mudar a história do rock. Não acho que vá mudar sequer a história dos Hanson. Mas é um disquinho bom de ouvir. Rock & Roll bem tocado. A prova de que esforço e experiência levam à excelência.

hanson1

Hanson – Anthem

Nota: 6

Download: US$ 11,99 (iTunes)

CD: ainda não disponível no Brasil

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!

Compartilhar
Artigo anteriorQueremos um país padrão Fifa
Próximo artigoRepórteres de todo o mundo se juntam para expor as contas secretas dos paraísos fiscais
Avatar
Emir Ruivo é músico e produtor formado em Projeto Para Indústria Fonográfica na Point Blank London. Produziu algumas dezenas de álbuns e algumas centenas de singles. Com sua banda, Aurélios, possui dois álbuns lançados pela gravadora Atração. Seu último trabalho pode ser visto no seguinte endereço: http://www.youtube.com/watch?v=dFjmeJKiaWQ