“O presidente tinha que se mudar pro ministério da Saúde”, diz Omar Aziz

Presidente da CPI, Omar Aziz – Reprodução DCMTV

 

Em entrevista ao Grupo Prerrogrativas neste sábado (22), o presidente da CPI da Covid senador Omar Aziz(PSD-AM), comentou a declaração do ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello, de que enquanto ministro só se encontrava com o presidente Jair Bolsonaro a cada 15 dias.

O senador fez um paralelo com o período no qual foi governador do Amazonas.

“Quando tinha uma simples rebelião, eu falava com o secretário de segurança 50 vezes por dia”, disse Omar.

Ele afirmou que o presidente deveria “se mudar pro ministério da Saúde”, e entrar em contato com líderes mundiais para solicitar vacinas e insumos médicos.

“Faltou acreditar que a única coisa que poderia salvar brasileiros era vacina”, concluiu o senador.