O que ganha Bolsonaro com os protestos de seu gado? Nada, a não ser c*s prolapsados. Por Kiko Nogueira

O bando de maluco que sai às ruas neste domingo, 26, em apoio a Jair Bolsonaro já ganhou algumas homenagens nas redes.

Os cidadãos de bem convocados pelo WhatsApp estão sendo chamados de gado e a hashtag “Folia dos Cus Prolapsados” é um dos assuntos mais comentados do Twitter.

Trata-se de uma homenagem à deputada bolsonarista Dayane Pimentel, que denunciou na Câmara, visivelmente excitada, uma dissertação de mestrado da Universidade Federal de Pernambuco.

Desde o impeachment não se viam tantos doentes orgulhosos, mas é isso o que virou o Brasil.

As manifestações são um problema para Bolsonaro, seja qual for o número de imbecis que congregar.

Se forem poucos, Bolsonaro sai com um retrato do quão desmilingüida tornou-se sua base de fãs, o animal-raiz.

Se forem muitos, os políticos do Centrão, Rodrigo Maia à frente, não esquecerão a tentativa de chantagem explícita.

A palhaçada foi convocada por Bolsonaro, pelos filhos e por políticos do PSL. Bolsonaro, depois, tentou dizer que era contra pautas radicais, mas era tarde demais.

A verdade é que não tem pauta.

Como eles vão fechar o Congresso ou o Supremo? Com um soldado e um cabo?

O que quer o Jair? Não sabe. O que ganha o Jair com o desfile? Nada.

O sujeito não consegue governar e não tem projeto. Há um desenho fornecido por Olavo de Carvalho que se resume a “destruir o comunismo”.

Débeis mentais apelam para imagens de JB como Jesus Cristo e pixulecos dos novos vilões da turma, Gilmar Mendes e Maia.

Os políticos que eles atacam foram eleitos, assim como seu mito.

Na cabeça dessa gente, porém, Jair é obra não das urnas, mas do Espírito Santo. O Milagre da Facada.

A agenda mais clara foi exposta pelo deputado Luiz Philippe de Orléans e Bragança, o príncipe bolsonarista: “Temos que retomar a MONARQUIA constitucionalista e derrubar esse governo que se mostrou FRACO”.

É isso. Fora, Bozo. Volta, Napoleão.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!