O smartphone mais inovador desde o primeiro iPhone

Conheça o Ubuntu Edge, o supercelular conceito que o crowdfunding pode tornar realidade; em 72 horas ele já arrecadou R$ 12 milhões no IndieGogo.

Ubuntu-Edge2
Ele rodará dois sistemas operacionais diferentes

Não há dúvidas: estamos vivendo na Era Pós-PC. Os smartphones e os tablets têm assumido um papel cada vez mais importante no nosso cotidiano. O problema é que estes gadgetes ainda não são páreos em poder de processamento para os computadores tradicionais.

Isto é, até agora.

O Ubuntu Edge pretende mudar esta história. Este supercelular conceito pode, em breve, tornar-se uma realidade graças ao crowdfunding. Em apenas 72 horas no site IndieGogo, ele já arrecadou mais de R$ 12 milhões dos R$ 64 milhões que precisa para sair do papel. Se ele mantiver este ritmo, em 14 dias o orçamento terá sido alcançado pela Canonical, a empresa por trás do aparelho, que ficou famosa por desenvolver softwares livres, mais notavelmente o sistema operacional Ubuntu.

Este smartphone tem entranhas de gente grande. Seu processador ainda não está confirmado, mas será um CPU com múltiplos núcleos, provavelmente um x86 usado em laptops; os 4GB RAM vão fazer dele um monstro para rodar vários aplicativos ao mesmo tempo; e espaço não faltará com os 128GB de memória flash, mais do que muitos ultrabooks vendidos no mercado hoje possuem.

Sua tela será à prova de riscos. Segundo a Canonical, o display HD de 4,5” do celular será feito de safira, que em teoria só pode ser danificado por diamantes. Duas câmeras estarão presentes. A traseira terá 8 megapixels e a da frente 2 megapixels, capazes de fazer gravações em Full HD e HD, respectivamente.

GPS, acelerômetro, giroscópio, sensor de proximidade, bússola, barômetro e uma bateria feita de silicone anodizado de lítio completam o Egde. Tudo isso em um exterior apenas 2 milímetros mais grosso que o iPhone 5. Impressionante, não? É como se a Apple colocasse o motor do MacBook Air em um smartphone.

O Edge quer ser um verdadeiro computador de bolso. Em outras palavras, ele poderá ser usado também como desktop, uma vez que será fácil conectá-lo a um monitor. Para isso, o gadget vai rodar dois sistemas operacionais diferentes: o Android para seu modo celular e o Umbunto (um derivado do Linux) para o modo desktop.

Quando v0cê faz uma contribuição de US$ 625 ao projeto no IndieGogo, garante um modelo para você. Agora, se você estiver ansioso demais para tê-lo, pode contribuir com US$ 10 mil e ficar com um dos 50 primeiros aparelhos numerados. No pacote também vêm o contato dos engenheiros e designers que produziram o gadget, assim como um convite VIP para ver o lançamento do produto ao lado de CEO da empresa, o sul-africano Mark Shuttleworth.

Estamos presenciando o nascimento do sucessor do iPhone? Se o Edge oferecer tudo o que está prometendo, é possível que sim. Mas isso só o tempo vai dizer.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!