O STF conseguiu sair ainda menor do imbroglio Renan. Por Kiko Nogueira

Marco Aurélio Mello
Marco Aurélio Mello

 

O STF sai ainda menor do que entrou do imbroglio Renan Calheiros.

A solução encontrada pode ser a seguinte: Renan continua presidindo o Senado, mas não figura mais na linha sucessória de Michel Temer.

É uma acomodação para consertar a atitude açodada de Marco Aurélio Mello.

A rigor, não faz sentido nenhum. Está-se retirando o Senado da sucessão do presidente apenas porque quem está no comando é RC.

Embora negue que tenha atendido a um apelo das manifestações que elegeram Renan o novo asmodeu, o cheiro de populismo da decisão de Marco Aurélio é difícil de disfarçar.

A interferência do Judiciário criou um conflito com o Legislativo que ajuda a jogar gasolina fogueira da crise um dia depois de Carmen Lúcia outorgar para si e colegas o papel de “pacificadores”.

Segundo ela, “como não há paz sem justiça, o que se busca é exatamente que atuemos no sentido de uma pacificação num momento particularmente grave”.

Como acreditar nisso com esse Supremo? Como crer que egos daquele tamanho, que vivem numa bateção de cabeça sem fim, com Gilmar Mendes hostilizando os amigos diariamente, todos com ampla cobertura da mídia, possam arbitrar grandes conflitos nacionais?

Renan tinha pouco mais de 15 dias na presidência. O STF ficou nove anos sentado em cima de seu inquérito. Durante esse período, agiu como se não houvesse amanhã.

Ao longo do impeachment de Dilma, a Corte, na melhor das hipóteses, cruzou os braços. Cunha teve liberdade de ação total até completar sua vingança e ser retirado de cena.

Um julgamento fraudulento ocorreu na cara do Brasil, contratos foram rompidos, as portas para o caos foram abertas. E agora Marco Aurélio Mello justifica o caso Renan dizendo que “precisamos de correção de rumos”.

Precisamos, de fato. Mas não virá dali.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!