O vídeo que a OEA recebeu denunciando a “capacidade de diálogo” da PM de SP

O vídeo é de abril, mas está mais atual do que nunca.

Foi apresentado à Comissão Interamericana dos Direitos Humanos da OEA e apresenta em cores vivas a truculência da PM de Geraldo Alckmin. Há depoimentos de estudantes que ocuparam as escolas, bem como imagens da selvageria dos soldados.

Em visita ao Brasil, o relator especial para a liberdade de expressão da comissão, Edson Lanza, do Uruguai, apontou o “caráter discriminatório” da polícia, baseado na “expressão ideológica” de um ou outro grupo.

Na sexta, dia 4, Alckmin deu uma entrevista diretamente de seu mundo encantado. “Nós temos dois balizamentos, um é sempre aberto ao diálogo, ouvir, discutir. Aliás, sobre a PEC da reforma do Ensino Médio nós vamos ouvir professores, alunos, pais, então é sempre dialogar”, disse.

Então tá.

 

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!