Obama pensa em carreira digital depois da presidência. Por José Eduardo Mendonça

obama

 

O presidente Barack Obama tem discutido sobre uma carreira na mídia social depois de seu mandato, e pensa em lançar sua própria empresa de mídia, de acordo com diversas fontes.

Sua assessoria desmente. A diretora de comunicação da Casa Branca, Jen Psaki, disse ao Mic: “O presidente vai continuar engajado em inspirar jovens e está interessado em como as pessoas consomem informações, mas não tem planos de entrar no negócio da mídia depois de deixar seu cargo”.

De acordo com outra fonte, Obama teve uma reunião com Mak Zuckerberg, CEO do Facebook, durante encontro recente da Cooperação Ásia-Pacífico em Lima, no Perú, para discutir o assunto,

Vem aí uma “TV Obama? Embora não se saiba, não seria inconsistente com suas ações. Em sua presidência, ele fez uso intenso da mídia social e se envolveu com ela de modos criativos, como produzir seus próprios vídeos curtos, postados diretamente em suas contas.

Até mesmo antes da vitória de Trump, Obama falou abertamente sobre o perigoso estado da mídia e seu desejo de ter um papel em consertá-la. De acordo com a New Yorker, ele aparentemente ficou muito impressionado com uma matéria no BuzzFeed, que documentou como mais de 100 websites pró-Trump, com notícias falsas, se originaram de uma pequena da Macedônia.

O presidente disse que a forma como as notícias são apresentadas em diversas plataformas levam a crer que “tudo é verdade e nada é verdade” e que “uma explicação de um prêmio Nobel sobre a mudança do clima parece exatamente a mesma coisa no seu Facebook que uma negação, feita por alguém na folha de pagamento dos irmãos Koch”.

Snapchat vai ter novos programas em parceria com a Turner

As duas empresas anunciaram na quarta-feira que serão programas originais de canais da Turner como TBS, CNN e outros, para a seção Discover, do Snapchat. Haverá também uma cobertura de esportes diária da Bleacher Report, também da Turner.

“Milhões de usuários do Snapchat valorizam a autoridade e credibilidade de  reportagens de CCN e Bleacher Report e estamos entusiasmados em oferecer uma cobertura maior destes canais”, disse Nick Bell, vice-presidente de conteúdo da empresa.

O Snap anunciou uma parceria semelhante com a NBC em agosto para desenvolver episódios exclusivos para a plataforma de alguns programas de sucesso, como “The Voice”, “Saturday Night Live” e “The Tonight Show With Jimmy Fallon.” E também tranmitiu mini-shows exclusivos da MTV e PS.

A  parceria com a Turner, comenta o Business Insider, mostra como o Snapchat, com seus mais de 150 milhões de usuários diários, quer se tornar uma fonte de notícias para seu público de milenials.

Facebook quer patentear ferramenta contra notícias falsas

O Facebook continua na luta para brecar a disseminação de notícias falsas em sua rede, e agora busca patentear uma tecnologia para este fim. Em sua argumentação, afirma pretender desenvolver “sistemas e métodos para identificar conteúdo repreensível”.

O pedido, apresentado em meados de 2015, descreve um sistema sofisticado para identificar textos e imagens inapropriados e removê-los da rede. O propósito primário é melhorar a detecção de pornografia, discurso de ódio e bullying. Mas no mês passado, Mark Zuckerberg ressaltou a necessidade de “melhores sistemas técnicos para detectar o que pessoas apontarão como falso antes que o façam”.

A patente foi publicada na quinta-feira,  e depende de autorização, mas uma porta-voz da companhia afirmou que ela com frequência pede patentes de tecnologias que nunca implementa,  e que isto não deve servir como indicação de seu futuro. E não disse se o sistema já está em uso, informa The Verge.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!