Obcecado, Guga Chacra ignora as eleições na Bolívia para falar sobre a Venezuela

Guga Chacra

Guga Chacra tem duas obsessões na vida: o cabelo e a Venezuela.

Hoje mesmo ele deu aula para os esquerdistas no Twitter.

“Em vez de se inspirar na Jacinda, premiê da Nova Zelândia e uma das mais competentes administradoras do mundo, certos setores da esquerda brasileira ainda preferem se espelhar nas ditaduras de Cuba e da Venezuela. Olhem para o sucesso da Jacinda, não para o fracasso do Maduro”, escreveu.

Justo.

Também deu pitacos sobre futebol.

Guga, curiosamente, não está dizendo uma palavra sobre a Bolívia, cujas eleições presidenciais ocorrem neste domingo sob forte tensão.

Um golpe com apoio da polícia colocou no poder a senadora picareta Jeanine Añez, que levou “a Bíblia de volta ao palácio”.

Um deputado argentino foi detido por agentes de imigração no aeroporto, onde as autoridades tentaram negar sua entrada no país.

Ele estava atuando na condição de observador.

A região sul de Tarija anunciou neste sábado que manterá fechada a fronteira com a Argentina. Militares tomaram as ruas de La Paz.

O candidato do MAS, Lucho Arce, lidera as pesquisas de intenção de voto.

O Tribunal Supremo Eleitoral anunciou na noite deste sábado (17) que não divulgará a tradicional pesquisa de boca de urna, o que levantou a suspeita de fraude.

Enfim, assunto é o que não falta ao solerte Guga.

Pero lo que importa é o Maduro, é ou não é? Daqui a pouco é uma cacetada em Jones Manoel.

A Globo tem sua soldadesca e Guga é cumpridor das missões. Não tem nada a ver com jornalismo.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!