Opção por Eduardo leite mostra que a Globo não acredita na candidatura de Doria. Por Luis F. Miguel

Eduardo Leite, governador do RS, e João Doria, governador de SP

Publicado originalmente no Facebook do autor:

Por Luis Felipe Miguel

A aparente opção da Globo por Eduardo Leite é obviamente uma má notícia para João Doria.

Não só pelo reforço ao adversário nas prévias tucanas, mas, sobretudo, porque é uma demonstração de que a Globo não acredita na possibilidade de sucesso da candidatura dele, Doria.

A opção é reveladora também da posição dos Marinho. Dentro do PSDB, Leite se posicionou à direita de Doria. Foi um dos últimos a romper com Bolsonaro.

Seu compromisso com o desmonte neoliberal do Estado parece mais ideológico, mais sincero. Sobre sua sensibilidade social, muitos podem testemunhar – dos professores do Rio Grande do Sul às usuárias do sistema de saúde de Pelotas.

Ao se assumir como gay, Leite dá o passo necessário para marcar sua distância em relação a Bolsonaro – sem com isso se distanciar de seu projeto.

Muitos louvam a coragem de Leite por sair do armário. Pode ser.

Mas tendo a achar que, no Brasil de hoje, um político perde menos se declarando gay do que perderia se defendesse políticas de combate à homofobia.

Quanto a essas, o registro de Leite ainda está em branco.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!