Os 100 mil mortos, o desgoverno Bolsonaro e os 70 dias de silêncio absoluto. Por Kakay