Os gatinhos da imprensa param de miar para Sergio Moro. Por Moisés Mendes

Elio Gaspari e Sérgio Moro. Foto: Wikimedia Commons

Publicado originalmente no blog do autor

Abandonaram Sergio Moro. Dois colunistas grandões da Folha, Elio Gaspari e Bruno Boghossian, estão batendo sem piedade hoje no ex-juiz.

Gaspari diz que até agora Moro apresentava-se como o Tigre de Curitiba, mas depois da visita a Fortaleza acabou virando um gatinho.

Moro é denunciado como uma autoridade que se acovarda diante do motim de policiais e vira aliado dos amotinados.

E Bruno Boghossian afirma que Moro é mais advogado de Bolsonaro e da família do que ministro da Justiça.

Boghossian descobriu que Moro usa o cargo para induzir investigações e constranger rivais de Bolsonaro.

São constatações tardias, que servem menos para ajudar a entender o que Moro representa (porque todo mundo já sabe) e mais para revelar a situação do ex-juiz com antigos aliados.

Gaspari, líder dos propagandistas do lavajatismo justiceiro nos jornais, chega a definir uma fala frouxa de Moro como um miau. O tom da crítica do ex-admirador já é de deboche.

Estão aí os novos tigres da imprensa, que até agora só miavam para o ex-juiz.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!