Ouro em Tóquio, Ana Marcela começou a nadar aos 2 anos

A atleta Ana Marcela Cunha durante a prova de maratona aquática em Tóquio – Foto: Jonne Roriz/COB

A nadadora Ana Marcela Cunha acabou de conquistar uma medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Que veio após vencer a maratona aquática nesta terça-feira (3).

Baiana, ela é uma atleta multi-campeã mundial. Também considerada uma das maiores da história na maratona aquática e começou a nadar aos dois anos, ainda na creche.

Em 2001, passou a treinar no Clube Olímpico de Natação em Salvador. A primeira convocação para a Seleção Brasileira de piscina ocorreu quanto a atleta tinha apenas 12 anos. Assim Ana Marcela se transferiu para o Unisanta, de Santos, em 2006. Ainda jovem, aos 14, já nadando em águas abertas.

Leia também

‘Dia triste para o Brasil’, diz Freixo após aprovação da PL da Grilagem pela Câmara

Biden sugere a governador de Nova York que renuncie após denúncias de assédio

Ana Marcela nas Olimpíadas

Nos Jogos Olímpicos de Pequim, em 2008, na estreia da modalidade no evento, ela conquistou o quinto lugar na prova dos 10km. Dois anos depois, a brasileira foi campeã da Copa do Mundo e eleita pela primeira vez a melhor nadadora do mundo pela FINA, além de conquistar o Prêmio Brasil Olímpico, do COB.

Em 2011, chegou ao ouro na prova de 25km da maratona aquática no Mundial de Xangai.  Nos últimos 10 anos colecionou títulos com inúmeras conquistas nacionais. Além de etapas da Copa do Mundo em diversas distâncias das águas abertas. A atleta coleciona títulos em Jogos Sul-Americanos, Pan-Americanos e 11 medalhas em Campeonatos Mundiais. 

Hoje, ela entra para a história dos Jogos Olímpicos ao completar os 10km em menos de 2h e garantir mais um ouro para o Brasil.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!