“Perdi toda minha família”: as vidas devastadas pelo ebola em Serra Leoa