Perdoo os ignorantes, mas não os instruídos que apoiam Bolsonaro. Por Vitor Fernandes

O presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) – Nelson Almeida/AFP

Retirado da fanpage do Facebook de Afrânio Silva Jardim

POR VITOR FERNANDES, sociólogo e professor

O contexto em que vivemos é assustador! Às vezes dá desânimo na humanidade! Ver o que as elites donas dos meios de comunicação fazem com a cabeça do povo, geralmente sem estudo, é devastador.

As elites produziram um massacre midiático à esquerda tamanho nas eras Lula e Dilma, que criou-se o combate ao comunismo, num país que tem pouquíssimos deputados comunistas …

Estamos vivendo uma loucura onde a tudo que não é ultraliberal é comunista.

Como professor de Sociologia me sinto profundamente decepcionado, fracassado! Tenho orgulho de mim, mas me sinto impotente.

Chegamos ao século XXI para ver os jovens dizerem que a Terra é plana, que vacinas causam doenças, que nazismo é de esquerda, que a ditadura nunca existiu.

Esse ano tive que explicar várias vezes que o nazismo não era de esquerda.

Tive que explicar várias vezes que o kit gay não
existe!

Tive que explicar que intervenção do Estado não é comunismo!

Vi aluno negro, numa comunidade, dizendo que não existe racismo.

Vi alunos pobres, dentro de uma escola pública dizendo que tem que privatizar tudo. E sei que a maioria deles não teria dinheiro para pagar a escola ou saúde privadas, mas eles acham que serão a elite de amanhã…

Vi familiares, amigos dizendo que votam no Bolsonaro para acabar com os bandidos e acabar com a corrupção! Como uma mágica! Como quem tem fé em algo completamente irracional.
Estamos vivendo a loucura! A era do irracionalismo! Mas sei que não é aleatório.

O bilionários estadunidenses e setores da nossa elite subalterna que bancam o MBL, Instituto Misses, etc, que difundem essas ideias loucas é que produziram isso, esse contexto de loucura.

O antipetismo, produzido pela grande mídia gerou Bolsonaro e pode nos levar ao fascismo. E não é exagero, é FASCISMO! É FASCISMO!

O mais triste de tudo, o mais solitário e frustrante é que não posso contar isso para eles, pois a maioria deles não tem condições de entender o que é fascismo. Foram formados pelos youtubers, pelas páginas do facebook que bombaram no contexto de combate ao “petismo/comunismo”, na visão deles.
Vejo negros, pobres, desempregados, até gays, defendendo o fascismo… e não sei como alertar.
Às vezes não sei como dizer: “o alvo é você, seu idiota”!

Já percebi que o debate não é racional. Não adianta apresentar argumentos racionais, pois é religioso, é fascista!

Eu perdoo os ignorantes que apoiam o fascismo, pois esses são teleguiados pelas mídias controladas pelas elites. Como posso ter raiva de alguém que apoia o fascismo se ele não tem a menor ideia do que isso seja? Se esses foram educados a odiar a política desde sempre e agora aparece um salvador da pátria que se apresenta como “não-político” que resolverá tudo.

Perdoo esses, mas não perdoo os instruídos. Os instruídos, os que tem noção de política, que apoiam o fascismo (Bolso) não terão o meu perdão!

A minha vida está em risco! É meu emprego! Minha profissão, que perderei… minha militância, minha liberdade, minha vida! Os ignorantes não sabem o mal que estão fazendo, mas os instruídos, sim! E não podem alegar ignorância depois da tragédia que virá…!

Se você tem instrução e apoia o fascismo eu não quero estar perto de você e não quero que você faça parte da minha vida.

E não estou falando de divergência política, estou falando de caráter, da moral mais básica!

Com o fascismo não se dialoga; se combate!

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!