Pesquisadores desmontam fake news idiota sobre “vacina magnética”

Moeda que supostamente é atraída pelo braço de quem tomou vacina. Reprodução Facebook

Publicado originalmente no CREF:

Há diversos vídeos na internet mostrando que no local de aplicação da vacina Coronavac é possível se colocar uma moeda e esta fica presa à pele. Em outro local no mesmo braço, um pouco mais abaixo, a moeda não permanece. Por exemplo o seguinte vídeo demonstra o efeito:

A alegação é que o efeito revela magnetismo no local da vacina, proveniente do hidróxido de alumínio, a serviço de nos controlar quando o 5G passar a funcionar e outras tantas teorias conspiratórias, dignas de terraplanistas. Como explicar o efeito?

Respondido por: Professores Fernando Kokubun (FURG) e Fernando Lang da Silveira (IF-UFRGS)

Inicialmente cabe um comentário sobre o hidróxido de alumínio usado em vacinas. Um  comprimido de Pepsamar ou de outro antiácido possui cerca de mil vezes mais hidróxido de alumínio do que em uma vacina. Quem imagina que o hidróxido de alumínio possa ter algum efeito magnético, do tipo da atração de uma moeda, pode testar facilmente com um ímã e um comprimido de antiácido para observar que não há resposta magnética do comprimido.

Mas de fato o efeito da moeda grudada no braço acontece conforme está demonstrado no Vídeo demonstrando o efeito

 

Do vídeo foram retirados quatro quadros que estão expostos na Figura 1.

O vídeo foi feito pelo professor Fernando Kokubun (FURG – Santo Antônio da Patrulha) que realizou a demonstração no braço de sua esposa. Entretanto não foi no braço que recebeu a vacina! 🙂

Como é produzido o efeito “magnético”?

Sem magnetismo algum, apenas com uma leve hidratação do local (caso a pele esteja seca) onde se deseja a adesão da moeda. Se a pele estiver seca basta passar um pano úmido no local, para para que a moeda, levemente pressionada à pele hidratada, tenha a aderência suficiente para ali ficar.

Este é portanto um comum efeito de adesão propiciado por forças intermoleculares! Sobre adesão vide ADESÃO.

Concluindo, as teorias conspiratórias sobre as vacinas, 5G são tão bizarras quanto a Terra ser plana.

A Agência Aos Fatos desmistificou em Vídeos não provam que vacinas contra Covid-19 causam magnetismo na pele.

Adicionado em 04/06/2021: Não é mera coincidência que a estapafúrdia conexão entre magnetismo e o prosaico fato de que coisas como moedas e outros objetos possam aderir à nossa pele esteja sendo propagada em canais de terraplanistas. Aqui um vídeo de um combatente contra a desinformação demonstrando que o terraplanismo sobre “vacinas magnéticas” não se sustenta: O negacionismo sobre as vacinas.

Adicionado em 05/06/2021: Eu (Fernando Lang da Silveira) fiz a vacina e inicialmente a moeda não aderiu pois a minha pele estava seca; era um dia frio e excepcionalmente seco em Porto Alegre. Quanto passei um pano úmido ela aderiu no braço não vacinado. Hoje quando retornei da minha caminhada (aqui estava 30°C) aderiu nos dois braços e também na minha testa. Será que a minha testa está magnetizada? Será que vou virar o Magneto? 🙂  Não apenas é impossível alguém ficar magnetizado dessa forma como é fácil verificar com uma bússola que não estou produzindo campos magnéticos.

Adicionado em 06/06/2021: Testei agora novamente! Estou completamente “magnetizado” 🙂 pois não apenas moedas aderiram à minha mão como também um ímã de geladeira.

E, para piorar, grudou em minha testa! A cara feia também é efeito da vacina “magnética”. 🙂
null

Será que terei que passar pelo nosso laboratório de Magnetismo para me desmagnetizar? Será que me transformarei em um novo Magneto? Pensei que me transformaria em um jacaré.

Deixando as brincadeiras de lado, o truque da aderência requer apenas ler com cuidado a postagem e NADA TEM COM MAGNETISMO.

ADICIONADO EM 09/06/2021: Ontem eu (Fernando Lang) comentei com uma pessoa com cerca de 80 anos de idade sobre esta concepção estapafúrdia. Ela tomou uma moeda e mostrou que ela aderia no seu braço, na altura onde se via uma velha cicatriz da vacina contra varíola. Em seguida ela riu e disse: Mas não foi neste braço que eu fiz as duas doses da Coronavac! 

Depois ela lembrou de sua infância quando as crianças brincavam com moedas e outros objetos os aderindo à pele. Concluiu dizendo: Infelizmente com toda a informação disponível há muitas pessoas que são atraídas pelo negacionismo e conspiracionismo.