“Pessoas morrem e somos obrigados a jogar futebol sem nenhuma segurança”, diz presidente do Fluminense

Publicado originalmente no perfil do autor 

Por Mário Bittencourt 

O @fluminensefc sempre foi e sempre será a minha paixão desde criança. O Dia de jogo sempre foi e sempre será o melhor dia das minhas semanas.

Hoje, pela primeira vez, saio de casa triste para ver meu tricolor. Jogadores de máscara, estádio sem público e um campeonato que volta às pressas, sem sabermos que interesses querem atender.

Milhares de pessoas ainda morrem no Brasil, enquanto somos obrigados a jogar futebol sem nenhuma segurança. Mais uma triste página da história do futebol do Rio de Janeiro, já tão combalido e defasado.

Atletas infectados, clubes de menor investimento sem condições de cumprir o tal protocolo e todos, todos nós em risco de contaminação.

Que tudo dê certo e que todos possamos (Fluminense e Volta Redonda) sair dessa insanidade totalmente ilesos.

Que façamos um bom jogo, com uma grande vitória e que possamos dedicar aos profissionais de saúde que tanto lutam por vidas; e também aos nossos torcedores que seguem ao lado do clube neste momento de tantas incertezas.

“Jogo seguro” é ficar em casa. O resto não tem nenhum sentido no momento.

View this post on Instagram

O @fluminensefc sempre foi e sempre será a minha paixão desde criança. O Dia de jogo sempre foi e sempre será o melhor dia das minhas semanas. Hoje, pela primeira vez, saio de casa triste para ver meu tricolor. Jogadores de máscara, estádio sem público e um campeonato que volta às pressas, sem sabermos que interesses querem atender. Milhares de pessoas ainda morrem no Brasil, enquanto somos obrigados a jogar futebol sem nenhuma segurança. Mais uma triste página da história do futebol do Rio de Janeiro, já tão combalido e defasado. Atletas infectados, clubes de menor investimento sem condições de cumprir o tal protocolo e todos, todos nós em risco de contaminação. Que tudo dê certo e que todos possamos (Fluminense e Volta Redonda) sair dessa insanidade totalmente ilesos. Que façamos um bom jogo, com uma grande vitória e que possamos dedicar aos profissionais de saúde que tanto lutam por vidas; e também aos nossos torcedores que seguem ao lado do clube neste momento de tantas incertezas. “Jogo seguro” é ficar em casa. O resto não tem nenhum sentido no momento. Mário Bittencourt Cidadão, Torcedor e Presidente do Fluminense.

A post shared by Mario Bittencourt (@mbittenfluoficial) on

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!