Por que Ilona Szabó quis participar de um governo podre? Por Arnóbio Rocha

Ilona Szabó em entrevista à GloboNews

POR ARNÓBIO ROCHA

Bolsonaro está certo.

Sinto dizer isso, mas ele teve os votos com uma plataforma neofascista.

Tem que governar com ela e com seus adeptos.

Feio, mesmo, são os que aderem a ele como se fossem “técnicos”.

Tolice cometeu o PT que vencia e chamava seus inimigos para governar, para lhe sabotar, trair, em nome de um republicanismo de araque.

O capetão está ensinando como tratar os inimigos.

Esses intelectuais adoram uma posição, “colaborar”.

Se estivessem realmente a fim de ajudar o Brasil, que denunciassem a proximidade da família dos milicianos.

Mas não, querem aparecer, mesmo num governo podre.

A lição foi exemplar.

Desmoralizou o ex-juiz, em primeiro lugar, depois a academia “técnica” e “isenta” — como se fosse possível.

Pagam o mico público, sujam seus Lattes com algo tão ruim.

Vale a pena?

Republicanismo é para os trouxas.