Postagem no Facebook que identifica líder do MST como Adélio Bispo é falsa

Publicado originalmente no Brasil de Fato

A foto em questão: João Paulo (de boné), está entre Lula e Gleisi Hoffmann – Divulgação

Circula nas redes uma imagem do líder do MST, João Paulo Rodrigues, ao lado do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e da presidenta do PT, Gleisi Hoffmann, na qual ele é identificado como sendo Adélio Bispo, o acusado de ter esfaqueado o então candidato à presidência Jair Bolsonaro durante a campanha de 2018. É mentira.

A fake news foi desmentida nesta quinta (24) tanto pelo jornal O Estado de S. Paulo como pelos sites Boatos.org e Agência Lupa, ambos especializados em investigar a veracidade de rumores espalhados online.

A foto, na qual aparecem ainda a ex-presidente Dilma Rousseff, o também candidato à presidência Guilherme Boulos (PSOL)  e Luiz Marinho, candidato ao governo paulista, foi tirada em abril de 2018, no sindicato dos metalúrgicos do ABC. Segundo a reportagem do Estadão, a postagem falsa foi compartilhada ao menos duas mil vezes.

O líder do MST tuitou nesta quinta:

Edição: Rodrigo Durão Coelho

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!