Dono da arroz Prato Fino não cometeu crime ao anunciar a Lei da Selva e dizer ´pau no c* do SUS´

Celso Rigo é dono da Arroz Prato Fino
Celso Rigo, pai de Fábio, e dono da arroz Prato Fino

O herdeiro do Prato Fino mostrou que é possível dizer absurdos na web sem configurar crime. Basta apenas ser um idiota.

“Pau no cu do SUS”, escreveu Rafael Rigo, filho de Celso Rigo, dono da principal e mais cara marca de arroz do país. “Lei da selva. Tive COVID e não me fez cócegas. Prefiro o COVID do que essa merda de vacina” (sic).

Após o caso vir à tona os posts foram deletados e o rapaz apareceu no Instagram para justificar que sua conta no Twitter, onde a coisa foi publicada, não estava em seu poder.

É certo que muitos passaram a boicotar o produto da família, mas Rafael não precisa se preocupar, pois crime não cometeu.

O que ali está escrito é tão somente sua opinião, e opinião segundo a Lei não é crime.

É só seguir em frente que está tudo ok.

Fodam-se os prejudicados

Fábio Rigo é filho do dono do "Prato Fino"

Tuíte do perfil de Fábio Rigo que viralizou nas redes. Foto: ReproduçãoO perfil do Twitter de Rafael Rigo, filho de Celso Rigo, dono do “Prato Fino” publicou ataques contra o SUS e a vacina contra covid.

Os prints viralizaram após o jornalista William de Lucca mostrar os absurdos ditos pela conta privada.

Entre os tuítes, ele defendia a vacinação privada e dizia: “pau no cu do SUS”.

“Lei da selva. Tive COVID e não me fez cócegas. Prefiro o COVID do que essa merda de vacina” (sic), afirmou o perfil ontem (25).

Em outra publicação, o perfil alega ter uma reação que durou três semanas.

Ele nega que vai tomar outra dose do imunizante e diz que só vai tomar quando “puder comprar o que tiver de melhor a venda”.

A conta do Twitter foi posteriormente desativada.

Filho do dono do Prato Fino diz que Twitter foi hackeado

Pelo Instagram, que é privado, o filho do empresário deixou uma mensagem dizendo que não estava em posse do perfil.

“Infelizmente tive a conta do Twitter hackeada e acabei perdendo o acesso o que me trouxe inúmeros problemas. Já estamos averiguando. Grato” (sic).

Internautas têm promovido um boicote à empresa após os tuítes serem revelados.

Nos comentários do Instagram do Prato Fino, seguidores têm feito críticas e elogiado o SUS.

O perfil da empresa na rede social passou a moderar os comentários após a enxurrada de internautas.

Leia também:

1 – Diretor de hospital público critica vacina, publica foto sendo vacinado e acaba demitido

2 – Filhas de empresário investigadas por furar fila da vacina são exoneradas