Presepadas em série: MEC erra em notas do Enem, que Weintraub disse ser “o melhor de todos os tempos”

Imprecionante.

Algum dia os cientistas vão ter uma explicação sobre como se juntaram tantos imbecis de extrema direita num mesmo governo.

Abraham Weintraub gravou um vídeo neste sábado, dia 18, admitindo que notas do Enem foram divulgadas com erros.

Estava ao lado do presidente do Inep, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais, órgão responsável pelo teste.

Nas redes, alunos vinham relatando as presepadas.

“Um grupo muito pequeno de pessoas teve o gabarito trocado quando foi fechado os envelopes (sic). Uma inconsistência fácil de ser consertada”, alegou com o estafeta.

“Estamos falando aí de alguma coisa como 0,1% das pessoas que fizeram – dos milhões, 0,1% -, número baixo. Então, para 99% das pessoas está tudo bem”, disse Weintraub.

E os 0,9%?

Calcula-se que 30 mil foram prejudicados.

Ficou de corrigir até segunda-feira, dando de barato que não tinha nada de mais.

Se não tinha, por que veio a público falar disso?

No ano passado, vazou uma imagem da prova e ele garantiu que aquilo não prejudicou o andamento do exame.

Na sexta, o Inep postou uma mensagem com erro de português referente ao número de “vizualizações” (sic).

Idiota sem modéstia, Weintraub vinha se jactando de que este Enem era “o melhor de todos os tempos”.

“Mostrando que gestão e eficiência e respeito ao dinheiro público são marcas do governo Bolsonaro. Resumidamente, estou muito satisfeito”, declarou em coletiva.

“A gente não teve problema operacional nenhum a cargo do MEC. A única coisa que houve, pontualmente, foi uma tentativa de sabotagem, uma pessoa que já está com a Polícia Federal. Então, não prejudicou nada”.

A única razão para o nazismo encenado por Alvim não ser implementado definitivamente por aqui é que seus seguidores bolsonaristas são burros demais para isso.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!