Presidente do CFM defende Nise Yamaguchi e Capitã Cloroquina e ataca Otto Alencar: “deslealdade”

Mauro Ribeiro, presidente do CFM

Mauro Ribeiro, presidente do Conselho Federal de Medicina (CFM), deu entrevista ao Jornal da Manhã, da Jovem Pan.

Ribeiro é defensor da cloroquina e bolsonarista de armário.

“Infelizmente, o que nós temos visto nessa CPI da Covid é inaceitável, intolerável. Principalmente quando nós vemos casos como o das médicas Nise Yamagushi e da doutora Mayra Pinheiro”, falou.

“Elas estiveram lá recentemente, sendo completamente destratadas por alguns senadores”.

Ribeiro garantiu que as duas médicas não representam o pensamento do CFM.

Aproveitou para atacar Otto Alencar, que reduziu a negacionista picareta Yamagushi a pó de traque com uma pergunta básica de biologia: a diferença entre vírus e protozoário.

“Particularmente, o comportamento do médico e senador Otto Alencar foi inconcebível, inaceitável com aquilo que fez com a doutora Nise Yamagushi”, afirmou.

“É inacéitável, senador Otto, o senhor é um médico. O senhor deveria refletir sobre aquilo que fez, a deslealdade que o senhor teve com uma médica mulher.”