Prisão domiciliar não faz justiça Lula, mas sinalizaria correção de rumo no STF. Por Joaquim de Carvalho