Procuradora que redigiu impeachment de Gilmar em dobradinha com Deltan defende denúncia contra Glenn

Thaméa Danelon e Deltan Dallagnol

A procurador Thaméa Danelo, como era de se esperar, saiu em defesa da denúncia contra Glenn Greenwald.

“Ferir a liberdade de imprensa é censura-la; impedir que veículos publiquem ou divulguem informações obtidas licitamente”, escreveu no Twitter.

“Processar criminalmente jornalistas que induziram, auxiliaram ou incitaram práticas delitivas é preservar a ordem social contra criminosos”.

Thaméa apareceu nos vazamentos do Intercept. 

No dia 3 de maio de 2017, num chat privado no Telegram com Dallagnol, ela procurou Dallagnol com a seguinte informação:

“O Professor Carvalhosa [Modesto Carvalhosa, jurista] vai arguir o impeachment de Gilmar. Ele pediu para eu minutar para ele”.

“Sensacional Tamis!”, responde Deltan. “Manda ver”.

Segue o diálogo:

13:59:52-Deltan: Se quiser olhamos depois de Vc redigir
13:59:53-Thamea: Eba!!!! Obrigada!!!
13:59:57-Thamea: Já estou escrevendo!!!
14:00:11-Thamea: Quero sim!!! Lógico!! Obrigada!!

No ano passado, Thaméa chegou a conversar com o PGR Augusto Aras no sentido de chefiar a Lava Jato.

Aras havia gostado da ideia, mas desistiu após a divulgação das mensagens.

Aparentemente, Thaméa nunca vai aceitar a derrota.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!