Professor ligado às milícias bolsonaristas resolve mostrar a cara depois de reportagem do DCM. Por Pedro Zambarda

Evandro Pontes tem uma cabeça brilhante

O DCM publicou neste domingo (24) a reportagem “Exclusivo: Dossiê revela conta no Twitter usada pelo cérebro do gabinete do ódio”.

O texto detalha a atuação do perfil anônimo Let’s Dex, das milícias bolsonaristas, coordenando uma ação do deputado Filipe Barros na CPMI das Fake News.

Ao que tudo indica, por trás da Let’s Dex está o cérebro do gabinete do ódio. A reação dos suspeitos foi imediata.

No final do texto, o DCM afirma que o professor de Direito Evandro Pontes, colaborador da Rádio Shockwave e próximo de Allan dos Santos — que certamente conhece as articulações da conta Dex –, estava escondendo o rosto e as informações no Twitter.

Pontes, que é discípulo de Olavo de Carvalho, reagiu ao texto mostrando novamente uma foto e escrevendo: “Tenho programas na rádio. Ouve lá e aprende alguma coisa, DCM”.

Depois disso, passou a atacar o autor da reportagem e a especular quem seriam as fontes da reportagem.

Um dica para a CPMI: se quer mesmo apurar a indústria das fake news, vai atrás dessas pessoas e do perfil Let’s Dex, uma expressão que mistura inglês e grego cujo significado seria “Vamos à direita”.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!