Próximo de lançamento de seu filme, Kéfera relembra bullying na escola

De IBahia:

Intérprete de uma atriz famosa na novela “Espelho da vida”, na Globo, Kéfera Buchmann dá vida a uma cantora de sucesso em novo filme, “Eu sou mais eu”, que estreia dia 24 nos cinemas brasileiros, inspirado em sua vida de celebridade. Há nove anos na berlinda virtual, a youtuber revela que agora faz detox das redes.

“Tenho gostado de viver fora delas. Aí penso: ‘Pra que fazer stories de tudo?’. Quando penso em celular, pego em um livro e marca-texto. Tenho livros em todos os cômodos da casa”, conta ela.

Embora seja uma comédia, o longa dirigido por Pedro Amorim também coloca em cena traumas sofridos por Kéfera antes da fama. “O filme conversa muito com a minha vida. A caracterização da minha personagem na adolescência é bem próxima do jeito como eu me vestia na escola. Sofri muito bullying”, entrega.

Diferentemente da personagem do filme, que vive aprisionada a essa questão, Kéfera foi buscar terapia para exorcizar seus demônios pessoais. “Acho que o mundo precisa fazer análise. Se fizesse, estaria mais bem resolvido, sabe? Ainda tem muita gente que acha que terapia é coisa de maluco. É caso de saúde pública mesmo”, defende.

(…)