Quando estiver se sentindo um imbecil, lembre-se de Marta Suplicy dançando na gaiola de vidro de Covas

Marta Suplicy na gaiola de vidro de Bruno Covas

Bruno Covas fez campanha na zona sul de São Paulo hoje.

Em Parelheiros, exibiu seu trunfo: Marta Suplicy, dançando animadona numa réplica do papamóvel usado por Erundina.

Marta tem 75 e está no grupo de risco da pandemia de covid-19, mas a doença mais grave ela já contraiu e não tem cura: falta de vergonha na cara.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!