Quando sairemos do beco escuro de irracionalidade em que Bolsonaro colocou o Brasil? Por Luís Felipe Miguel

Bolsonaro com apoiadores

Vendo a foto daquele imbecil junto de seus apoiadores, pedindo a destruição do pouco, quase nada, que resta da democracia brasileira, contribuindo objetivamente para desmoralizar as medidas de contenção e para disseminar uma doença que pode matar milhares de pessoas no país, ao mesmo tempo em que seu governo prossegue impávido na política de destruição do Estado brasileiro, que é exatamente a única estrutura que nesse momento pode nos dar alguma esperança de escapar do desastre, enquanto os olavos e olavetes anunciam que tudo é uma conspiração chinesa e os bispos macedos dizem que não tem pandemia, só uma trama de Satanás para enganar o bom crente, e os políticos conservadores tradicionais e os jornalistas da imprensa burguesa se dizem assustados com aquilo que eles puseram no poder, mas incapazes de fazer a autocrítica de seu comprometimento de muitos anos com a demolição da democracia e de qualquer projeto de justiça social e mais incapazes ainda de propor qualquer repactuação que dê voz ao povo brasileiro, e seus patrões das grandes empresas siderados pelo lucro a curto prazo, mesmo que signifique arrasar a nação, pensando em como aproveitar a crise sanitária para deixar de pagar salários, vendo a foto que sintetiza tudo isso eu sou invadido por uma tristeza imensa e fico imaginando como mergulhamos nesse poço sem fundo de irracionalidade, de estupidez, de mesquinharia e de pulsão de morte e quando, se é que um dia, seremos capazes de sair dele.

.x.x.x

PUBLICADO NO FACEBOOK DO AUTOR.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!