Queiroz foi mantido refém de Bolsonaro e Wassef? Esta é uma das muitas questões ainda sem resposta. Por Joaquim de Carvalho

Wassef com Bolsonaro, logo depois da eleição

O dono da casa onde Fabrício Queiroz foi preso na manhã desta quinta-feira, em Atibaia, mentiu em entrevista para Andrea Sadi, da Globonews, em setembro do ano passado.

A jornalista perguntou ao advogado Frederico Wassef onde estava Queiroz.

“Não sei, não advogado dele”, respondeu.

Pelas informações prestadas pela polícia civil de São Paulo na manhã desta quinta-feira, se ficou sabendo que Queiroz estava na casa de Wassef em Atibaia havia cerca de um ano. Portanto, Queiroz já estava lá antes da entrevista.

Se não era advogado de Queiroz, o que o PM aposentado e ex-assessor de Flávio Bolsonaro estava fazendo lá?

O que se sabe é Frederick Wassef não é apenas advogado de Flávio Bolsoaro. Tem um trânsito muito maior junto à família do presidente.

Ontem, ele estava na posse de Fábio Faria no Ministério das Comunicações.

Frederico Wassef bem a vontade da posse do ministro

Ao esconder Queiroz em sua casa, Wassef mostrou que sua estratégia de defesa de Flávio Bolsonaro, investigado por lavagem de dinheiro e formação de quadrilha, vai muito além das questões jurídicas.

Queiroz era mantido sob vigilância? Era contra sua vontade? Era refém?

São questões que Queiroz pode responder, como outras:

A que se refere o cheque de 24 mil reais que ele depositou na conta de Michele Bolsonaro?

Qual a relação de Flávio Bolsonaro com o miliciano Adriano da Nóbrega, o capitão Adriano, morto por PMs na Bahia?

Que imóveis foram construídos pela milícia no Rio de Janeiro com dinheiro desviado de assessores de Flávio Bolsonaro?

Como funcionava o esquema das rachadinhas na Assembleia Legislativa do Rio?

Flávio Bolsonaro recebia “dividendos” pelas ações das milícias?

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!