Racismo: Fotógrafo tem imagem divulgada no WhatsApp e é acusado sem provas de ser assaltante

Foto: Arquivo Pessoal

Originalmente publicado em MIDIA NINJA

Diogo Maozinha, fotógrafo, bailarino, publicitário e editor de vídeo potiguar, teve sua imagem, reproduzida de uma câmera de segurança, divulgada em grupos do WhatsApp com a informação de que ele estava planejando assaltos na região, em um explícito caso de racismo que vem repercutindo em Natal, no Rio Grande do Norte.

Em uma live no instagram, o fotógrafo contou que estava em busca de uma casa de câmbio na região para receber o pagamento por um de seus trabalhos realizados para um grupo de pessoas da Suíça. Com dificuldade de encontrar o endereço, o jovem percorreu os arredores e pediu informações para pessoas em uma clínica e uma ótica. A noite, quando chegou em casa, uma amiga entrou em contato informando que a imagem estava sendo divulgada em grupos do WhatsApp.

“A mensagem nos grupos dizia que eu estava fingindo estar solicitando informação, que estava observando o local para cometer assaltos. Quando eu vi essa mensagem, bateu um desespero. Fiquei muito triste ”, disse.

“Eu não posso ir para determinado lugar só porque eu sou um preto em um local que é dito ‘zona sul da zona leste’, não posso andar que as pessoas vem, batem foto e [me associam com assaltante]. Estou à deriva com medo de alguma coisa acontecer. Não é a primeira vez que esse tipo de situação ocorre comigo ”, lamentou Maozinha.

O nome do estabelecimento onde que registrou as imagens de Maozinha, bem como os responsáveis ​​por espalhar as informações falsas ainda não foram divulgados. O jovem informado que irá buscar a Polícia Civil, abrir um Boletim de Ocorrência e tomar os procedimentos legais cabíveis diante da injúria racial sofrida.

“Não vou deixar isso passar. Não só eu, mas outros manos pretos registrados com isso. Não quero que aconteça com mais ninguém ”, afirmou o fotógrafo.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!