“Quer ser testemunha ou investigado?”, diz Randolfe a Bolsonaro sobre Conselho da República

Randolfe – Foto: Reprodução/Twitter

Nesta terça (07), após Jair Bolsonaro (sem partido) convocar o Conselho da República, o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) foi às redes sociais para provocar o presidente.

Ele avisou que lideranças do Senado já acertaram a indicação dele e de Omar Aziz (PSD-AM) para os dois assentos a que a Casa tem direito e hoje estão vagos porque o mandato dos antigos ocupantes expirou.

Leia também

1- Alexandre de Moraes determina prisão de Oswaldo Eustáquio

2- Após atacar Moraes, Bolsonaro quer PF contra STF; entenda

Recado de Randolfe

“Recebemos a notícia de que Bolsonaro pretende convocar o Conselho da República. Pois bem! Já conversamos com os líderes partidários para que os dois indicados pelo Senado ao Conselho da República sejam eu e o senador Omar Aziz”, publicou.

Randolfe lembrou que, além dele e Aziz, a composição também contaria com o líder da Maioria no Senado, Renan Calheiros (MDB-AL), o líder da Minoria na Casa, Jean Paul Prates (PT-RN), e o líder da Minoria na Câmara, Marcelo Freixo (PSB-RJ).

“Adianto ao Presidente que já estamos prontos para tomar seu depoimento. O Senhor quer estar na condição de testemunha ou investigado, Jair Bolsonaro? Estamos ansiosos!”, acrescentou.

Confira abaixo: