Repórter da Record é atropelado e quebra a perna enquanto esperava para entrar ao vivo no jornal

Segundo publicação do UOL, o repórter da TV Record, Dennes Queiroz, de 43 anos, no Rio de Janeiro foi atropelado por uma moto enquanto esperava para fazer uma entrada ao vivo no “Cidade Alerta” local.

Na noite de quinta-feira (30), ele estava sobre a calçada, próximo à Delegacia da Rocinha, favela na zona sul carioca, onde fazia entradas na segunda edição do jornal para relatar o dia de ocorrências de tiroteios da comunidade. Enquanto ele aguardava, um carro bateu em uma motocicleta na estrada Lagoa-Barra, que passa em frente à favela, e o veículo desgovernado atingiu a perna direita de Dennes. Ele quebrou a tíbia.

“Entrei no primeiro link e ia entrar de novo, dois minutos depois. Aconteceu tudo muito rápido. O motociclista foi atingido e, como tem dez anos de experiência com moto, reagiu e caiu no asfalto. A moto voou e me atingiu”, contou o repórter ao UOL. “Estou bem na medida do possível. Tomando remédios para dor e anti-inflamatório, mas fica queimando o tempo todo”, contou Dennes.

O repórter contou que não viu o acidente pois estava se preparando para entrar no ao vivo. Ele ouviu o motociclista gritar com o motorista que atingiu a moto e se virou. Nesse momento, a moto o atingiu.

O cinegrafista que acompanhava Dennes não gravou o acidente porque esperava para entrar ao vivo no jornal.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!