República da desigualdade completa 130 anos. Por Rodrigo Chagas

Cenário de desigualdade permanece 130 anos depois / Óleo sobre tela de Benedito Calixto / Reprodução

Publicado originalmente no site Brasil de Fato

POR RODRIGO CHAGAS

Quando a República foi proclamada no Brasil, em 1889, numa movimentação protagonizada por militares, a maioria da população, parda e negra, foi excluída do processo, permanecendo em situação de miséria e exploração.

Neste 15 de novembro, 130 anos depois, o cenário desigual permanece. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, atualmente 64% dos desempregados são negros. As mulheres negras recebem menos da metade do salário de um homem branco.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!