Roberto Jefferson segue postando ameaças ao STF nas redes apesar de decisão de Moraes

Roberto Jefferson posa com fuzil nas redes

O ministro do STF Alexandre de Moraes determinou, nesta quarta-feira, o bloqueio dos perfis de Roberto Jefferson, aliado de Jair Bolsonaro, além do depoimento do corrupto confesso em cinco dias à Polícia Federal.

“Autorizo o bloqueio das contas em redes sociais, tais como Facebook, Twitter e Instagram, necessário para a interrupção dos discursos criminosos de ódio e contrário às Instituições Democráticas”, diz Moraes na decisão.

O despacho mostra, inclusive, uma postagem de Jefferson com ameaça aberta.

“Bolsonaro, para atender o povo e tomar as rédeas do governo, precisa de duas atitudes inadiáveis: demitir e substituir os 11 ministros do STF, herança maldita”, escreveu.

Nada disso aconteceu ainda. Enquanto ninguém faz nada, Jefferson segue barbarizando.

 

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!